sábado, 13 de dezembro de 2014

São Paulo, 13 de dezembro de 2014. (Lua Cheia)

Chove em São Paulo e as pessoas esquecem que estamos à beira de um colapso hídrico. Infelizmente é assim: brasileiro só presta atenção nas questões se isto lhe doer profundamente no "bolso". É assim com nosso maior patrimônio: natureza.
Quando meu pai um dia alertou para a preservação dos mananciais e nascentes, foi quase "apedrejado". E agora?
Muitos ainda pensam: pode faltar água em São Paulo, pois lá tem muita gente e continuam a lavar suas calçadas.
É triste, ver sua terra, desmatada, secando aos poucos e ver o povo ainda culpando o governo.
Infelizmente pessoas conscientes da importância do meio ambiente são minoria.
E por falar, em meio ambiente, hoje haverá a "Bicicleta e Churrasco dos Imprestáveis" que mesmo com chuva está confirmada, concentração na Praça do Ciclista a partir das 14 horas. Afinal de contas, nós ciclistas, não prestamos... Enfim, esta foi uma declaração que não gostei.
Às críticas aos ciclistas que vão desde vagabundo, filhinho de papai até gente que não presta.
O que me conforta que é em outras cidades do mundo enfrentaram o mesmo problema durante a implantação das ciclovias e ciclofaixas.
Em nosso país enfrentamos diversos problemas, água, resistência às ciclovias, são apenas alguns dos inúmeros problemas que envolvem má qualidade na educação, violência crescente, desigualdades, corrupção e comodismo.
No entanto, somos uma democracia, uma democracia "bebê" como minha mãe costuma dizer, temos muito o que aprender.
Aprendizado é a palavra-chave para refletirmos neste final de ano.

2 comentários:

Pedro Manuel Machado de Sousa Furtado Correia disse...

Bom dia Daniela. Sou dinamizador de um arquivo histórico em Ponta Delgada, S.Miguel, Açores. Gostei de seu blogue, vou seguir explorando a sua leitura/escrita. Aceito com muito gosto sugestões para um blogue acerca do Arquivo Histórico da Santa Casa da Misericórdia de Ponta Delgada que estou começando a elaborar. http://arquivo-hist-scmpd.blogspot.pt

Anônimo disse...

Como dizia a minha avó que estamos chegando ao fim dos tempos :-/

E a sua mãe está completamente certa democracia bebê... As pessoas pensam nos direitos e esquecem dos deveres, os jovens vem sendo criados sem limites, brigam por coisas banais e só enxergam o próprio umbigo.

Adoro o seu blog e acompanho já tem um tempo.

Beijo
Carol